Coleções de Fotografia

 
 
 

Coleções de fotografia

O Arquivo Municipal de de Lisboa é detentor de espólio com valor patrimonial único para a história da cidade e da fotografia, do qual se destacam as seguintes coleções:


Alfredo Cunha - Colecção muito variada, documentando várias regiões de Portugal continental e Ilhas, África e  Roménia. O 25 de Abril  de 1974, o 11 de Março de 1975, manifestações políticas e retratos de individualidades são também temas muito fotografados.

António Júlio Duarte - Núcleo de cinquenta imagens a cor adquirido em 2004 versa os temas do futebol feminino, feiras de futebol, futebol juvenil e as transformações da cidade de Lisboa para receber o Euro 2004.

Artur Pastor - O seu espólio adquirido pela Câmara Municipal de Lisboa em 2001, após a sua morte em 1999, inclui fotografias recolhidas entre 1950 e 1998, onde se destacam as séries sobre a Nazaré (1950), Lisboa e Évora, bem como a recolha de imagens do património construído de todo o país (1980) e da Expo 98.

Eduardo Portugal - Coleção com imagens de Lisboa, de locais tais como: mercados, chafarizes, igrejas, candeeiros de rua. O cortejo fluvial organizado no âmbito das festas da cidade em 1934, a Exposição do Mundo Português,  um conjunto de imagens de gravuras sobre profissões tradicionais e retratos de individualidades. 

Joshua Benoliel - O fotografo retrata a vida social e política, o quotidiano dos últimos anos da monarquia e da Primeira República, documenta as obras na cidade, aberturas de novas artérias, a construção do Metropolitano, acontecimentos como o nevão e as inundações de 1945. As comemorações do VIII centenário da conquista de Lisboa aos Mouros e a visita da rainha Isabel II de Inglaterra em 1957 são outros exemplos.

Quando a imagem se anima, Lisboa no início do século XX
Filme produzido pela Câmara Municipal de Lisboa baseado em imagens de Joshua Benoliel.


Luís Pavão - As fotografias reunidas nesta coleção constituem projetos fotográficos do autor, editados em livro e apresentados em exposições individuais ou coletivas. 

Fundo Antigo - Foi a designação atribuída ao primeiro levantamento arquitectónico e urbanístico sobre a cidade de Lisboa, encomendado pela Câmara Municipal de Lisboa, em 1898, a Arthur Júlio Machado e José Candido d’Assumpção e Souza, desenhadores do Serviço Geral de Obras, desta câmara. Trata-se de um levantamento de carácter estatístico que reúne cerca de 3800 negativos em chapa de vidro, formato 13 x 18cm e que pretendeu documentar a intervenção urbanística na cidade de Lisboa, levada a cabo pela autarquia entre 1898 e 1908.

Rey Colaço - Coleção com 237 negativos fotográficos, em suporte de nitrato de celulose. Disponível on-line
Esta coleção resulta da doação do espólio de negativos da família Rey Colaço celebrado entre a Câmara Municipal de Lisboa e Mariana Dolores Rey Colaço Robles Monteiro Lino. Ver registos





AGENDA