Fundo Cassiano Branco

 
 
 

CATÁLOGO DO FUNDO CASSIANO BRANCO

O presente catálogo refere-se ao fundo Cassiano Branco e compreende os registos descritivos normalizados deste conjunto documental, desde o nível geral (fundo) até aos níveis específicos (documentos).
O tratamento arquivístico deste fundo foi assegurado num primeiro momento em 1991, por ocasião da aquisição deste arquivo particular pela Câmara Municipal de Lisboa, e serviu de base à exposição "Cassiano Branco: uma obra para o futuro", que teve lugar no Cineteatro Éden, em Lisboa, no mesmo ano.

Desde então, houve oportunidade de rever a organização deste acervo e de validar os respetivos registos descritivos, sem que no entanto se tenha disponibilizado ao público interessado, um instrumento de descrição que desse a conhecer a totalidade do arquivo deste importante arquiteto.

A edição do presente catálogo vem suprimir esta lacuna e acontece por ocasião do 50º aniversário da morte de Cassiano Branco, que se regista em 2020. Cumpre assim um duplo papel: o de divulgação deste arquivo particular e o de evocação do seu produtor.

O fundo Cassiano Branco é constituído por um conjunto diversificado de estudos e projetos arquitetónicos, documentação particular e coleções, que documentam o percurso pessoal e profissional do arquiteto, permitindo melhor conhecer a sua obra. Encontra-se digitalizado e disponível online. 

Nele se encontra documentação sobre o "Portugal dos Pequenitos", projetos para comércio e indústria, para concursos públicos, para estruturas móveis, para arquitetura habitacional e equipamentos de espetáculos, assim como projetos para equipamentos hidroelétricos, para equipamentos turísticos, estudos e projetos de urbanismo, projetos para edifícios de utilização pública, estudos técnicos e científicos, documentação particular, mapas e plantas, cartazes, recortes e revistas, fotografias e postais.

pesquisa
 
AGENDA