Cadernos do Arquivo Municipal | nº 8

 

Categorias

2.ª série

  • Cadernos do Arquivo Municipal | nº 8 1
 
 

Cadernos do Arquivo Municipal | nº 8

Autor: CML | AML


Lisboa Medieval
ISSN: 2183 - 3176
Coordenação científica: Amélia Aguiar Andrade e Mário Farelo

«A história da Lisboa medieval regista atualmente um renovado dinamismo. Depois dos estudos de recorte institucionalista de meados do século XX e da insistência no conhecimento sociológico dos grupos de poder da cidade nas últimas décadas, a história da Lisboa medieval beneficia hoje de uma diversificação dos seus objetos de trabalho. Por um lado, aprofundam-se caminhos já trilhados, nomeadamente em torno das elites urbanas da urbe, permitindo um olhar atualizado sobre a sua implantação e recrutamento, sem esquecer as relações de domínio que o rei, as oligarquias camarárias e o alto clero exerceram sobre as restantes «forças» sociais da cidade. Pelo outro, a crescente consciencialização dos medievalistas para a importância da área patrimonial tem possibilitado um estreitar de relações da História com a História da Arte e a Arqueologia, com resultados importantes para o estudo da cultura material e do património documental, arquitetural e artístico da cidade no passado, como aliás testemunham alguns anteriores dossiês temáticos dos Cadernos.

Para este dinamismo contribuiu o trabalho desenvolvido nos últimos anos pelo Arquivo Municipal em termos de disponibilização do seu acervo, através da elaboração de instrumentos de descrição documental ou da digitalização dos documentos custodiados e a posterior colocação em linha. Com a recente publicação do Livro dos Pregos, o arquivo camarário assumiu a sua responsabilidade de facilitar o acesso ao seu acerto e de combater algo conhecido de todos os medievalistas: o facto de a publicação de fontes sobre a Lisboa medieval permanecer, em termos gerais, muito aquém do desejado e do necessário. A crescente acessibilidade (digital) das fontes, aliada ao incentivo da ligação entre as entidades detentoras e os centros de investigação, tem adjuvado também um crescendo na investigação sobre a Lisboa medieval. Neste particular, destaca-se o projeto científico dirigido pelo Arquivo Municipal de Lisboa e pelo Instituto de Estudos Medievais, destinado a valorizar a documentação medieval conservada pelo primeiro e que justifica o dossiê temático apresentado neste número dos Cadernos do Arquivo Municipal, com a coordenação de dois membros do segundo.

Um dos objetivos propostos por este projeto é o estudo dos fundos documentais custodiados pelo arquivo camarário com informações substantivas para o conhecimento das atividades produtivas dos lisboetas e das lutas constantes para abastecer a cidade no período medieval, continuando o trabalho iniciado há várias décadas pela professora Iria Gonçalves. Pretendeu-se com este número temático responder a esse desafio, reunindo-se para o efeito um conjunto de textos que, na sua maioria, abordam temas ligados à questão do abastecimento da cidade. Um desafio que se propõe, de igual modo, amenizar uma tendência sentida pela investigação sobre
Lisboa medieval, a saber uma falta de equilíbrio na cronologia. Centrada no estudo das instituições, das pessoas e dos seus relacionamentos para os séculos XIII e XIV, existe ainda hoje um nítido atraso no conhecimento da documentação quatrocentista do arquivo e da própria história da cidade. (...)».

Amélia Aguiar Andrade e Mário Farelo

Ver índice completo e consultar os artigos aqui
Veja no ISSUU

Preço:
 
Sugira a um amigo

Não possui comentários. Envie o Seu !

AGENDA