Jornadas Ibero-Americanas de Arquivos Municipais

 
 
 

JORNADAS IBERO-AMERICANAS DE ARQUIVOS MUNICIPAIS
01-02-03 junho

Jornadas iberoAOs arquivos contemporâneos há muito que deixaram de ser espaços fechados, abrindo-se a toda a sociedade. A sua função estratégica dentro das organizações, a par da sua função cultural, cria novos desafios que os profissionais e as instituições têm de enfrentar e sobre os quais importa refletir de forma global. 

"Reinventando os Arquivos no Século XXI" foi o tema das Jornadas Ibero-Americanas de Arquivos Municipais 2016, promovidas pelo Arquivo Municipal de Lisboa, destinadas a profissionais das ciências da informação, programadores culturais e a todos aqueles que de algum modo têm interesse nesta temática, e que ao longo de três dias promoveram a partilha de conhecimentos e experiências, e o debate em torno destes pressupostos.

A evento que decorreu no auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian, reuniu mais de duas centenas de participantes e contou com a participação de 16 instituições representadas por peritos portugueses, espanhóis e da América Latina.

As comunicações, conferências e mesa-redonda centraram-se em quatro painéis temáticos:

  1. Os arquivos como função transversal nas organizações: a sua importância nos processos de modernização administrativa;
  2. O papel dos arquivos na democratização da sociedade: assegurando a transparência administrativa;
  3. Os profissionais de arquivo nas organizações do século XXI;
  4. Os arquivos municipais e a sua função cultural.






AGENDA