Agenda

 
TOPOGRAFIAS IMAGINÁRIAS | Arquitetura III
2017-05-23 2017-05-23
AML | Videoteca

Os Mutantes, Teresa Villaverde (1998), 114'

Comentado por:
Filipa Reis e João Miller Guerra (cineastas)
Sofia Pinto Basto (arquiteta)
Susana Nascimento Duarte (doutorada em Comunicação (Cinema), professora na ESAD)



Filme chave da cinematografia portuguesa dos anos 90. Vertigem será talvez uma boa palavra para o descrever, e a feira popular, um dos (não)lugares por onde as personagens passam, uma imagem-síntese: as cores intermitentes das máquinas que se movem sem sair do mesmo lugar, as linhas oblíquas do espaço acompanhadas pelos planos sempre em queda, um movimento ininterrupto e vertiginoso que não se sente porque os grandesplanos estão fechados sobre as caras. As personagens do filme, todas adolescentes, estão trancadas num enclave, apertadas num espaço demasiado pequeno para elas cujos limites fazem explodir.

Em simultâneo, nos postos individuais de visionamento
A Idade Maior, Teresa Villaverde (1990), 115'
O Sangue, Pedro Costa (1989), 95’
O Nosso Caso – Livro III | Jonas Regina Guimarães e Saguenail (2002), 56’


[Os Mutantes]

[Os Mutantes]

[Os Mutantes]






Depois de num primeiro ano o ciclo TOPOGRAFIAS IMAGINÁRIAS ter descrito um percurso tanto temporal como espacial pela cidade de Lisboa, fazendo uma história do traçado da cidade tal como tem sido imaginado pelo cinema, e de na segunda edição se ter feito uma viagem pelo seu interior: como é que os espaços interiores foram captados pelo cinema e que papel têm eles nos filmes que os integram?, neste terceiro e último ciclo dedicado à "Arquitetura" veremos a cidade dos programas anteriores a ser deixada para trás: já não se verá uma cidade na melancolia da transformação (como no primeiro ciclo), nem propriamente uma cidade imaginada a partir de um interior (como no segundo), será vista uma cidade a extravasar os seus limites, ou a transbordá-los, para usar já uma imagem aquática – à deriva, é uma boa palavra para falar destes filmes.
Avançamos então para uma Lisboa reinventada a partir das suas margens...

Uma co-programação Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca / Arquiteturas Film Festival (Alexandra Areia e Inês Monteiro)



 
Parceria
Arquiteturas

 

AGENDA