Preâmbulo 2019

 
 
 

PREÂMBULO 2019

 Escavações efectuadas em 1944 pelos arqueólogos engenheiro Eugénio Jalhay, coronel Afonso do Paço e doutor Leonel Ribeiro, na estação calcolítica de Monsanto. Ferreira da Cunha (1901-1970) | Código de referência PT/AMLSB/CMLSBAH/PCSP/004/FEC/000692
O preâmbulo aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de Outubro em três sessões: no Teatro do Bairro Alto (TBA), no Museu Geológico, e no Bairro dos Lóios, em Marvila.

No Teatro do Bairro Alto, a 24 de outubro, a TRAÇA participou numa conversa em torno das relações entre práticas artísticas e a mudança, na cidade. No Museu Geológico, a 25 de outubro ficamos a conhecer o tempo geológico de Marvila a partir de sedimentos encontrados nesta zona aquando da construção da cidade de Lisboa. Em Marvila, no Bairro dos Lóios a 26 de outubro, iniciamos o mapeamento dos trajetos – quotidianos e históricos – entre Marvila e Alvalade.

Como aconteceu nas edições anteriores, António Brito Guterres colabora no mapeamento social dos territórios da cidade que a cada ano a TRAÇA toma como foco. E este ano foi convidada a curadora Maria do Mar Fazenda para conceber uma exposição que põe lado a lado questões urbanas, filmes de arquivo familiares e uma selecção de obras de arte.


pesquisa
 
AGENDA