Dezembro 2018

 
 
 

Sorteio Natal de 1939 / Inválidos do Comércio, Comissão de Propaganda. - [S.l.] : [s.n.], imp. 1939 : Tip. Peres.Sorteio Natal de 1939 / Inválidos do Comércio, Comissão de Propaganda. - [S.l.] : [s.n.], imp. 1939 : Tip. Peres. >





SORTEIO DE NATAL DE 1939



Descrição: Sorteio Natal de 1939
Data: 1939
Cota: CAR DL A2510






No mês em que se assinala a quadra natalícia, o Arquivo Municipal de Lisboa destaca um cartaz que divulga o sorteio "Natal de 1939” organizado pela Comissão de Propaganda dos Inválidos do Comércio, uma associação particular de solidariedade social fundada em Lisboa, em 1929.

Este documento faz parte de um conjunto de cartazes que foram sujeitos à censura ortográfica e foi integrado em 2001 no acervo do Arquivo.

A censura ortográfica foi uma prática inserida no período do Estado Novo que, de acordo com Manuel Gama, é um assunto ainda pouco estudado. Este autor afirma que "O domínio despótico da língua foi outra das formas de censura. Sendo a língua o capital simbólico mais significativo de uma sociedade, a sua apropriação revela o controlo exclusivo da relação entre as palavras e as coisas. Evitando as palavras, julga-se que as coisas como que não existem.” [1]

Este conjunto documental, constituído por 309 cartazes, é um contributo para o estudo desta temática, podendo ser consultado na área Biblioteca, no site do Arquivo Municipal de Lisboa, através da expressão de pesquisa: informação da censura ortográfica.




[1]  GAMA, Manuel  - Da censura à autocensura no Estado Novo [Em linha]. In COLÓQUIO DE OUTONO, 9, Braga, 2007 – Censura e inter/dito. Minho: Universidade do Minho,  Instituto de Letras e Ciências, Departamento de Filosofia e Cultura, 2009. [Consult. 28/11/2018]. Disponível na Internet: https://core.ac.uk/download/pdf/55628745.pdf

MATTOSO, José, dir. – História de Portugal. Lisboa: Estampa, 1993-1994. vol. 7.

PEREIRA, José Costa, coord. – Dicionário Ilustrado da História de Portugal. Lisboa: Alfa, 1985. vol. 1.
ROSAS, Fernando, BRITO, J. M. Brandão de, dir. – Dicionário de História do Estado Novo. Lisboa:
Círculo de Leitores, 1996. vol. 1.

SERRÃO, Joel, MARQUES, A. H. de Oliveira, dir. – Nova História de Portugal. Lisboa: Presença, 1990. vol. 12.

AGENDA