Afonso Lourenço

 
 
 
Afonso Lourenço

AFONSO LOURENÇO
(1393-1412?)

Tabelião do rei em Lisboa

Sinal: AML-AH, Livro I de D. João I, doc. 5

Designação:
  • "taballiam do dicto senhor rey em esa meesma [cidade de Lisboa]” (AML-AH, Livro I D. João I, doc. 5).
  • "taballiam d´el rey em esa meesma [cidade de Lisboa]” (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 11)
Intervenções:
  • 1393, Outubro, 9, Lisboa, Paços do Concelho – Escreve e valida o traslado, solicitado pelo procurador do concelho de Lisboa, Vasco Martins, de uma carta de D. João I pela qual confirmava todos os privilégios, liberdades, bons usos, foros e costumes outorgados pelos reis seus antecessores à cidade de Lisboa (AML-AH, Livro I de D. João I, doc. 5).
  • 1407, Janeiro, 24, Lisboa, às Portas de Santo Antão, ante as casas onde morara Maria Anes, viúva de João Rodrigues Pateiro – Redige e valida o documento pelo qual Lourenço Afonso, na qualidade de testamenteiro de Maria Anes, toma posse das casas que esta tinha emprazadas do Hospital de D. Maria de Aboim (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 11).
Possíveis intervenções:
  • 1407, Janeiro, 24, Lisboa, Paço dos Tabeliães – Testemunha o emprazamento em três vidas, redigido e validado pelo tabelião Álvaro Martins, feito a João Álvares, Leonor Martins, sua mulher, e uma terceira pessoa, de umas casas situadas em Lisboa e propriedade do Hospital de D. Maria de Aboim (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 21).
  • 1412, Março, 9, Lisboa, Paço dos Tabeliães – Testemunha o emprazamento em três vidas, escrito pelo escrivão Álvaro Gonçalves e validado pelo tabelião Bernardo Esteves, feito a João Afonso, sua mulher e uma terceira pessoa, relativo a umas casas, vinha e horta situadas no Pinheiro de Loures, propriedade do Hospital de D. Maria de Aboim (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 29).
  • 1412, Março, 21, Lisboa, Paço dos Tabeliães – Testemunha o emprazamento em três vidas, escrito e validado pelo tabelião Lourenço Anes, feito a João Esteves Carneiro e duas outras pessoas, do Casal de Serrabodes, situado no termo de Sintra, propriedade do Hospital de D. Maria de Aboim (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 30).
  • 1411, Julho, 9, Lisboa, Paço dos Tabeliães – Testemunha a cedência, redigida e validada pelo tabelião Vasco Martins, de Afonso Anes, tanoeiro, a Rui Garcia, moedeiro e seu fiador, de metade dos direitos, novidades e foros de uma quinta situada na Ribeira de D. Grácia, para que possa ser saldada uma dívida de 50 000 libras relativas a esse arrendamento e que nem um nem outro podiam pagar integralmente ao proprietário da quinta, o Hospital do Conde D. Pedro (AML-AH, Livro I do Hospital do Conde D. Pedro, doc. 38).
Língua: Português

pesquisa
 
AGENDA