Martim Amado

 
 
 
Martim Amado


MARTIM AMADO 
(1390-1391)

Tabelião de Lisboa


Sinal: AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 7

Designação:
  •  Tabelião [de Lisboa] (AML-AH, Livro I do Hospital do Conde D. Pedro, doc. 12, Cartulário, doc. 10).
  • " tabaliom [de Lisboa]" (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 7).
Intervenções:
  • 1390, Fevereiro, 14, Lisboa, câmara da vereação - Testemunha o contrato de aforamento perpétuo e hereditário, escrito e validado pelo tabelião Álvaro Vasques, feito a Lecim judeu, a sua mulher Bemvinda e seus sucessores, de um casal de herdade situado na Rua dos Cães, em Sintra, propriedade do Hospital do Conde D. Pedro (AML-AH, Livro I do Hospital do Conde D. Pedro, doc. 12, Cartulário, doc. 10).
  • 1391, Outubro, 12, Lisboa, ante a porta da Sé – Valida o diploma, escrito pelo escrivão Gonçalo Vicente, pelo qual o vigário do bispo de Lisboa considera nulo o emprazamento feito a Fernando Martins, raçoeiro da igreja de S. Julião, de um pardieiro situado em Lisboa, na Rua das Esteiras, propriedade do Hospital de D. Maria de Aboim (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 7).
Língua: Português

OBSERVAÇÕES:

1. Em 1391, Outubro, 12, era seu escrivão Gonçalo Vicente (AML-AH, Livro I do Hospital de D. Maria de Aboim, doc. 7).


pesquisa
 
AGENDA