Notícias

 

Linhas orientadoras da edição da Traça 2020 são lançadas e discutidas este mês

Data: 0000-00-00



[Trabalhadores peneiram a terra para a recolha de vestígios arqueológicos] Data: [ant. 1944] Ferreira da Cunha
A próxima edição da TRAÇA – Mostra de Filmes de Arquivos Familiares acontecerá em Maio de 2020 num percurso entre Marvila e Alvalade. Como preâmbulo, durante três dias de Outubro de 2019, serão lançadas e discutidas as linhas orientadoras da próxima edição, em que se continuará a trabalhar relações que se estabelecem entre a cidade e os arquivos daqueles que a habitam.

O preâmbulo irá acontecer nos dias 24, 25 e 26 de Outubro em três sessões: no Teatro do Bairro Alto (TBA), no Museu Geológico e em Marvila. No TBA (24/10, às 18h30) a TRAÇA participa numa conversa em torno das relações entre práticas artísticas e a mudança, na cidade. No Museu Geológico (25/10, às 18h00) vamos conhecer o período Miocénico em Marvila a partir de sedimentos, ossos e fósseis encontrados nesta zona aquando da construção da cidade de Lisboa. Em Marvila, no Bairro dos Lóios (26/10, às 16h00) iniciamos o mapeamento dos trajetos – quotidianos e históricos – entre Marvila e Alvalade.

Como aconteceu nas edições anteriores, António Brito Guterres colabora no mapeamento social dos territórios da cidade que a cada ano a TRAÇA toma como foco. E este ano foi convidada a curadora Maria do Mar Fazenda para conceber uma exposição que põe lado a lado questões urbanas, filmes de arquivo familiares e uma seleção de obras de arte. 



AGENDA