Notícias

 

REABERTURA DOS SERVIÇOS

Data: 2020-05-14



Reabertura do atendimento presencial: 
Regras de funcionamento

A pandemia provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, determinou a declaração do estado de emergência nacional e motivou a definição do Plano de Contingência Municipal.
Nesta sequência, dando cumprimento às orientações de contenção sanitária, o Arquivo Municipal de Lisboa ajustou no início de março o seu modo de funcionamento, privilegiando o teletrabalho, encerrando as salas de leitura e os espaços expositivos, e assegurando trabalho presencial em escalas rotativas e horários desfasados.
Em consequência ficou suspensa a resposta a pedidos de consulta de documentação, tendo-se, no entanto, continuado a responder a pedidos de reprodução e de certidão, recorrendo quando possível à informação já digitalizada e assegurando novas digitalizações sempre que necessário.
De igual modo se garantiu a resposta aos pedidos de acesso à informação por parte dos serviços da CML, particularmente dos Serviços de Urbanismo, apoiando desse modo a sua atividade de licenciamento.
A Resolução do Conselho de Ministros de dia 30 de abril estabelece e apresenta uma estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença Covid-19.
Nesta estratégia são apresentadas as regras gerais para a reabertura de espaços e serviços públicos, definidas as condições para o exercício das atividades de trabalho e apresentado um cronograma associado ao plano de desconfinamento, no âmbito do qual é indicado o dia 4 de maio como data possível de abertura ao público de Bibliotecas e Arquivos.
Neste contexto, verifica-se a necessidade de definir as condições específicas que permitam o funcionamento dos serviços de Arquivo em condições de segurança para colaboradores e utentes, respeitando a orientações do executivo camarário.
Assim, do ponto de vista do atendimento ao público:
  1. Continuará a ser privilegiado o atendimento ao publico através da Loja Lisboa;
  2. O atendimento de público é assegurado pelos técnicos que integram a escala de trabalho definida para cada semana;
  3. O horário de atendimento é limitado ao período da manhã, considerando o número de técnicos que integram as escalas de trabalho e a necessidade de trabalhos de "Back-Office";
  4. O horário de abertura da sala de exposições no Arquivo Fotográfico é diferenciado do horário da sala de leitura, de modo a assegurar o necessário controlo de acessos em cada espaço;
  5. A abertura ao público respeita as orientações da Direção Geral da Saúde e as medidas de funcionamento dos serviços municipais definidas pelo Executivo, encontrando-se condicionada a:
  • Definição da lotação máxima permitida em cada sala e consequente controlo de acessos, de modo a garantir o distanciamento físico de segurança;
  • Disponibilização de equipamentos específicos de proteção individual colaboradores e utentes;
  • O atendimento presencial passa a ser exclusivamente por agendamento, não existindo atendimento espontâneo;
  • É obrigatório o uso de máscara por parte dos leitores e demais visitantes que não poderão entrar nas instalações do Arquivo sem esse equipamento de proteção;
  • Higienização dos espaços de uso comum e dos postos de leitura entre cada utilização.
ARQUIVO FOTOGRÁFICO

Sala de exposições
  • Abertura a 18 de maio
  • Horário de visitas decorre entre as 13h30 e as 16h30
  • Lotação máxima de 5 visitantes em simultâneo
  • Controlo de entradas
  • Desinfeção de mãos à entrada e uso obrigatório de máscara
  • Desinfeção dos equipamentos audiovisuais no final de cada visita
Sala de leitura
  • Abertura a 18 de maio
  • Horário de atendimento entre as 10h00 às 13h30
  • Só é permitida a consulta de documentos digitalizados
  • Lotação máxima de 4 leitores em simultâneo
  • Controlo de entradas
  • Desinfeção de mãos à entrada e uso obrigatório de máscara
  • Desinfeção do espaço de leitura entre cada utilização
  • Pagamento de reproduções preferencialmente através de multibanco ou transferência bancária
Biblioteca
  • Horário de atendimento entre as 10h00 às 13h30
  • Lotação máxima de 4 leitores em simultâneo
  • Controlo de entradas
  • Desinfeção de mãos à entrada e uso obrigatório de máscara
  • O acesso ao acervo bibliográfico é viabilizado mediante agendamento
  • É proibido o livre acesso às estantes
  • Desinfeção do espaço de leitura entre cada utilização
  • Quarentena de 72 horas a todos os livros e publicações consultados
BAIRRO DA LIBERDADE
  • Abertura a 18 de maio
  • Horário de atendimento entre as 10h00 às 13h30
  • Lotação máxima de 5 leitores em simultâneo
  • Cada agendamento de consulta permite a admissão de apenas para um leitor, não sendo autorizadas consultas em grupo​
  • Controlo de entradas
  • Desinfeção de mãos à entrada e uso obrigatório de máscara
  • Desinfeção do espaço de leitura entre cada utilização
  • Quarentena de 72 horas a todos os documentos, livros consultados 
  • Pagamento de reproduções preferencialmente através de multibanco ou transferência bancária
ARCO DO CEGO
  • Abertura a 18 de maio
  • Horário de atendimento entre as 10h00 às 13h30
  • Lotação máxima de 2 leitores em simultâneo
  • Controlo de entradas
  • Desinfeção de mãos à entrada e uso obrigatório de máscara
  • É proibido o livre acesso às estantes da biblioteca de apoio disponível na sala de leitura 
  • Desinfeção do espaço de leitura entre cada utilização
  • Quarentena de 72 horas a todos os documentos, livros e publicações consultados 
  • Pagamento de reproduções preferencialmente através de multibanco ou transferência bancária
VIDEOTECA
  • Abertura a 1 de junho
  • Horário de atendimento entre as 10h00 às 13h30
  • Lotação máxima de 2 leitores em simultâneo
  • Controlo de entradas
  • Desinfeção de mãos à entrada e uso obrigatório de máscara
  • É proibido o livre acesso às estantes da biblioteca de apoio disponível na sala de leitura 
  • Desinfeção do espaço de leitura entre cada utilização
  • Quarentena de 72 horas a todos os documentos, livros e publicações consultados 
  • Pagamento de reproduções preferencialmente através de multibanco ou transferência bancária


AGENDA