Jesuítas, construtores da globalização

 
 
 
Capa Jesuítas construtores da globalização


Esta edição, da autoria de Carlos Fiolhais e José Eduardo Franco, dá a conhecer uma das ordens religiosas mais fascinantes e controversas das escolas ocidentais: a Companhia de Jesus, criada em Paris em 1534 pelo basco Inácio de Loiola (1491-1556), e aprovada pelo Papa Paulo III em 1540.
 
Editado pelos CTT em abril de 2016, este livro apresenta a história mundial dos "Jesuítas, Construtores da Globalização”, evidenciando a relação desta ordem religiosa com a história da globalização portuguesa, cerca de duzentos anos após a Restauração da Companhia de Jesus, decretada pelo Papa Pio VII em 1814. Esta obra mostra, os grandes marcos desta história, acompanhando a sua projecção mundial, enfatizando as inovações e os sucessos, sem negligenciar também as fraquezas e os insucessos.

Tendo surgido logo após as primeiras grandes viagens dos Descobrimentos, e com a expansão que estas viagens possibilitaram, os Jesuítas contribuíram com a sua atividade para a grande revolução do conhecimento. Os padres da Companhia estiveram, nos centros nevrálgicos das decisões, das transformações, das recomposições sociais e políticas desde o início da modernidade, sendo por isso, considerados como os precursores do processo de globalização.
Num século em que Portugal detinha um império marítimo, disperso por várias fortalezas e feitorias, os jesuítas encontraram neste reino o acolhimento necessário, para se lançarem na sua aventura de evangelização.
É pois uma obra, que nos permite descobrir todas as "histórias” da grande história de fé construída ao longo de quinhentos anos, por estes padres da Companhia de Jesus.


Cota: HIS-CUL HIS-CUL FRA 
ISBN 978-972-8968-77-9


AGENDA